>> Voltar a Home >> Enter to The Matrix!


EDITORIAL MARÇO 2010
A História da Arte
Henrique Drovandi 2010-03-03
Cultura é sempre importante para resgatar de onde viemos... nossa civilização ocidental partiu de muito tempo atrás... vamos fazer um passeio por alguns destes pontos...

História da Arte
Falar sobre arte é falar sobre o ser humano. É o único ser que produz algo e depois o cultiva ( cultivável, colher, cultura). As gralhas e os guaxinis também produzem, mas não podem contar suas histórias de seus antepassados. Ao contrário de nós, que conhecemos até mesmo nossa pré-história.

Arte Pré-histórica
E no começo era o verbo... to brincando.. não vou tão longe para contar esta história. Só uns 50 mil anos antes de Cristo. No paleolítico. Havia um cara genial que começou a pintar cavernas. Ele já tinha estoque de comida para algum tempo e não precisava caçar muito. Ou então ele tinha algum tipo freezer primitivo... não importa. Este tempo era mais conhecido como pedra lascada ( quem nascia neste tempo estava lascado!). A arquitetura era muito rude, utilizada apenas para sobrevivência, com folhas e barro. Era o tempo dos nômades, que não se fixavam em lugar algum.

Sua estutária era feita com ossos, marfim e argila. Muita arte feita naquela época era para adornos corporais e ferramentas. E claro, havia a tal da pedra lascada, ou o sílex. Na pintura, os pré-históricos usavam técnicas muito difundidas hoje em dia: água, gordura vegetal e animal, sangue, excrementos de aves e carvão (muito prático! ). Havia também o tal canudo de ossos, onde eles sugavam o líquido e sopravam nas paredes num processo tipo spray (dá pra fazer com canudo do Mcdonald's). Suas pinturas se assemelham principalmente às das crianças, com abstração mais voltada ao realismo, com imagens figurativas e representativas. Não havia nenhum tipo de estilo ou deformação nas linhas. Era uma mera tentativa de reprodução do real. Já nesta época surgiu também a tal da lei da frontalidade, técnica muito utilizada pelos egípcios e gregos posteriormente.

NEOLÍTICO
Após aprender a plantar mandioca ( no sentido literário), o homem resolveu parar de andar por aí e se fixar na sua terra. Então se desenvolveram novas técnicas artísticas e agrícolas ( tekne, em grego, significado de técnica, é arte). Por isso este período é conhecido de Pedra Polida ( o homem era mais educado...) e tinha mais tempo para se dedicar e aperfeiçoar seus apetrechos. Surgiu então o artesanato ( aquele que vendem na Praça da República até hoje...) e a arquitetura mais elaborada. Tinham dois tipos de arquitetura: a megalitica, construída com blocos enormes de pedra e as palafíticas ( iguais aos moradores ribeirinhos da Amazónia). Com o manuseio do fogo, foram produzidas as primeiras cerâmicas, cozinhando o barro e criando as primeiras formas geométricas. Vieram então os caras que só fazem coisas em série ( já era uma espécie de indústria?) criando flechas, facas, machados e utensílios, que depois seriam trocados ou comercializados entre eles ( Salim, Salim!!). Veio então também a escultura polida, com acabamentos mais rebuscados. A pintura abandonou seu lado realista e passou se tornar mais decorativa, com estilos abstratos. Desta abstração estilística apareceram simplificações, esquematizações e geometrizações. As imagens criadas continham símbolos e signos, mostrando a evolução do raciocíno do homem daquela época distante.

A Arte Egípcia na saia do Faraó - 4mil A.c.
O poder divino concedido ao faraós monopolizava a arte e cultura de sua época. Havia também muita influencia religiosa e uma das principais utilizações era na arte mortuária, com a construção de sarcófagos e enormes monumentos funerários. Sua arquitetura colossal, visava a imortalização do governante iluminado, colocando formas maciças, pesadas, estáticas e simples. Nestas grandiosas estruturas, haviam também muitas policromias e espaços vazios, construídos com tijolos e depois por grandes blocos de granito. O principal arquiteto egípcio se chamava Inhotep ( não é o do filme da Múmia!) e projetou diversas pirâmides. Eles se lograram bem pelos caminhos da matemática, artes, ciências e filosofia. Com a descoberta do plano inclinado, eles puderam construir seus colossos de pedra, utilizando também argamassa.

Na arte dos sarcófagos, haviam muitas máscaras mortuárias, destacando-se a de Tutancamon, feita toda em ouro e vidro. Haviam também muitos tipos de adornos, utensílios preciosos, armas e símbolos, criando jóias, braceletes, pulseiras e anéis com delicadeza, bom gosto e originalidade com prata e ouro. Os egípcios começaram também com a construção dos obeliscos, que até hoje são símbolos de poder nas cidades. Haviam também as relíquias mágicas, como o anel de Louxor, com poderes sobrenaturais e os lugares sagrados, ondem ninguém, a não ser o faraó e os sacerdotes podiam entrar.

Eles foram grandes escultores de sua época, utilizando diversos materiais como granito, basalto, diorita, calcários macios e madeiras. Suas estátuas passavam a serenidade e a impassibilidade dos Deus-Faraós. Nesta época já exisitam ateliês e escolas onde aprendiam a manipular o vidro e o barro moldado. Destaca-se também a gravuras de baixo-relevo nas paredes dos monumentos e templos, com escritas em hieróglifos. Na pintura, se especializaram em afrescos, utilizando as famosas pinturas planificadas de pessoas e deuses. Já utilizavam a lei da frontalidade ( desenho de frente) e construíam as imagens em camadas, como se fosse uma planta baixa. Na criação de móveis, utilizavam incrustações de pedras preciosas, marfim, metal e pinturas laqueadas. Sem contar que ainda criaram o vidro o esmalte e o azuleijo.

As cidades-Estado séc XX A.C.
Com a formação das cidades gregas, através do comércio e a navegação, surgiram várias formas de arte nesta região. Geralmente há um divisão didática entre os períodos arcaico, clássico e helenístico.

Arte Européia em Assimilação



Aquele abraço

Henrique Drovandi - E-Mail

Diretor & Editor


Pensamento profundo de Alfred E. Neuman
"O homem não vive só do pão, é necessário a manteiga."




CULTZONE

Anunciar na CULTZONE é muito fácil


101 Copyright © 2003-2005-2006-2007-2008-2009-2010-2011-2012-2019 CULTZONEZai AGÊNCIA CRIATIVA.
Todos os Direitos Reservados CULTZONEGroup
Powered by CULTZONE WebSolutions